Notícias

Whatsapp facilita comunicação de doenças

Médicos veterinários recebem as notificações 24 horas por dia pelo (51) 984452033

29/01/19

Em funcionamento desde outubro de 2018, o contato de Whatsapp do Departamento de Defesa Agropecuária (DDA) da Secretaria da Agricultura do RS facilita o contato de produtores com o Serviço Veterinário Oficial. A ferramenta foi adotada para tornar mais simples o comunicado de suspeitas de enfermidades e denúncias de descumprimento de normas sanitárias. “Saber sobre suspeitas de doenças com maior rapidez contribui para seu controle”, afirma a coordenadora do Programa de Erradicação da Febre Aftosa, Grazziane Rigon. Segundo ela, é garantido o sigilo sobre as mensagens enviadas e as eventuais suspeitas comunicadas são conferidas pelos fiscais agropecuários da região.

O ideal, conforme Grazziane, é gravar o contato (51) 98445-2033 no telefone celular para ter à mão sempre que necessário. O serviço pode receber mensagens em texto, áudio e até fotos e vídeos com algum sintoma alterado nos rebanhos. O presidente do Fundesa, Rogério Kerber, afirma que é importante a participação do produtor neste aspecto de comunicar as suspeitas. “O Serviço Veterinário Oficial precisa saber se há alguma alteração na sanidade dos rebanhos para agir com brevidade evitar a disseminação de doenças”, explica.

Cada doença tem sintomas específicos em cada espécie, e o produtor deve ficar atento às alterações de comportamento dos animais. Entre os sintomas que podem ser observados, no caso de suspeita de aftosa, por exemplo, é se o animal está babando ou mancando. Já outras doenças como a doença de New Castle (que atinge aves), ou Peste Suína Clássica (que afeta suínos), apresentam problemas digestivos ou alterações nervosas como movimentos descoordenados.

Ouça o áudio da coordenadora do Programa de Erradicação da Aftosa no RS, Grazziane Rigon: https://goo.gl/ZtX5oy


Voltar para notícias

    Entidades constituintes

    • Sips
    • Asgav
    • Sipargs
    • Sindilat
    • Sicadergs
    • Farsul
    • Fetag
    • Acsurs
    • Sindicarnes