Notícias

Trânsito de animais entre áreas em transição de status é liberado

05/06/20

O Oficio 121/2020 do Ministério da Agricultura libera o trânsito de bovinos entre locais que estão em transição para área livre de febre aftosa sem vacinação. Até esta semana, o trânsito de animais vivos não poderia ocorrer entre Rio Grande do Sul, Paraná e os integrantes do Bloco I do Plano Estratégico do Programa Nacional de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa. O bloco é composto por Acre, Rondônia e áreas do Mato Grosso e Amazonas.

Conforme o chefe da Divisão de Controle e Informações Sanitárias da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Francisco Lopes, pelo menos 50% dos bovinos para genética que saem do estado vão para o Paraná. Por isso, a instrução normativa anterior impactava diretamente este segmento. “A partir deste ofício de esclarecimento, todos os animais que foram vacinados nas últimas etapas podem circular nos estados que encontram-se em transição de status, por estarem nas mesmas condições”, explica.

Para o presidente do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal, Rogério Kerber, a releitura nas normativas representa ganhos para os produtores de genética do Rio Grande do Sul. Ele lembra que todas as demais exigências para trânsito de animais permanecem as mesmas.

Leia o ofício na íntegra clicando aqui.


Voltar para notícias

    Entidades constituintes

    • Sips
    • Asgav
    • Sipargs
    • Sindilat
    • Farsul
    • Fetag
    • Acsurs