Notícias

RS mais próximo do avanço de status sanitário

28/07/20

Reunião virtual da Assembleia Legislativa abordou nesta segunda-feira, o avanço de status sanitário do Rio Grande do Sul, com a retirada da vacinação contra a febre aftosa. Com a participação de parlamentares, secretário da agricultura e representantes dos setores produtivos, o auditor fiscal federal agropecuário Gilson Evangelista Souza revelou que a próxima etapa da auditoria do Mapa, que vai verificar o cumprimento dos 18 itens apontados na auditoria do ano passado, deverá ocorrer nos dias 4 e 5 de agosto.

O secretário da Agricultura, Covatti Filho, afirmou que dos 18 pontos, apenas dois estão em fase final de execução. A aquisição de veículos que deverá ter agenda de entrega alinhada nos próximos dias e a contratação de 150 auxiliares administrativos, que já está com processo em andamento. Covatti Filho destacou o importante papel do Fundesa, com o aporte de recursos e apoio para o aprimoramento do Serviço Veterinário Oficial.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, também destacou que o Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do RS é exemplo para outros estados e que já vem atuando para que o Rio Grande do Sul esteja preparado para um novo status sanitário há muitos anos.

O presidente do Sindicado das Indústrias de Produtos Suínos do RS, José Roberto Goulart, apontou dados sobre o impacto positivo que a retirada da vacinação contra a febre aftosa pode trazer para a economia gaúcha. “Muitos países só importam carne de áreas livres sem vacinação. O avanço gaúcho poderá significar vantagens competitivas para o estado que hoje não alcança metade do potencial mundial de compra de carne suína por conta da vacinação”, alertou.

O presidente da Farsul, Gedeão Pereira, alertou sobre a importância de manter um banco de vacinas e de aprimorar o controle em portos e aeroportos.

O presidente do Fundesa, Rogério Kerber, destacou a importância de todos na concretização deste objetivo. “O Fundesa dá sua contribuição para que tenhamos a percepção de que somos todos parte do sistema de defesa sanitária e não podemos abdicar da condição de também sermos responsáveis por essas ações que estão sendo desenvolvidas e todo o trabalho que vem pela frente”, pontuou.


Voltar para notícias

    Entidades constituintes

    • Sips
    • Asgav
    • Sipargs
    • Sindilat
    • Sicadergs
    • Farsul
    • Fetag
    • Acsurs
    • Sindicarnes