Notícias

Fundesa-RS tem nova composição

Febrac e FecoAgro-RS passam a integrar Conselho Deliberativo do Fundo

21/08/20

Foi aprovada e formalizada na tarde desta sexta-feira (21), em assembleia extraordinária, o ingresso de duas novas entidades no Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do Rio Grande do Sul. A Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS e a Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça passam a fazer parte do fundo. A adesão das novas entidades, que já vinha sendo discutida há alguns meses, tem objetivo de contribuir para o fortalecimento do fundo. Conforme o presidente do Fundesa, Rogério Kerber, cada vez mais os fundos privados vêm ganhando relevância frente ao cenário de avanço sanitário em todo o país. “Com o ingresso dos novos participantes, o Fundesa segue com o desafio de manter a celeridade nas ações, a credibilidade junto aos órgãos oficiais e com a transparência na gestão de recursos”.

O presidente da FecoAgro-RS, Paulo Pires destacou que “entrar para o Fundesa era uma demanda das próprias cooperativas e representa orgulho para a entidade”. Já o presidente da Febrac, Leonardo Lamachia, o ingresso no Fundo “representa motivo de júbilo e responsabilidade já que cada vez mais sua missão ganha importância diante do avanço de status sanitário do Rio Grande do Sul”.

A partir de agora, os Conselhos Técnicos Operacionais do Fundesa, responsáveis pela elaboração e sugestão de projetos nas quatro cadeias produtivas que compõem o fundo, ganham a participação de representantes das duas entidades. A necessidade de reforço do Fundesa, mencionada em todos os encontros relacionados à retirada da vacinação contra a febre aftosa será a primeira pauta da nova composição dos Conselhos Técnicos Operacionais. Os grupos têm até o dia 30 de setembro para reavaliar critérios existentes, redimensionar a necessidade de recursos e apresentar sugestões para garantir o aumento da arrecadação do fundo.

Sobre o Fundesa:

O Fundesa, criado em 2005, tem a missão de propor e apoiar o desenvolvimento de ações de defesa sanitária animal, além de garantir agilidade e rapidez na intervenção em casos de eventos sanitários e posterior indenização dos produtores. O fundo é composto agora por dez entidades: Federação da Agricultura do RS, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do RS, Sindicato das Indústrias de Carnes do RS, Sindicato das Indústrias de Suínos do RS, Sindicato da Indústria de Laticínios, Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas, Associação Gaúcha de Avicultura, Associação dos Criadores de Suínos do RS, Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS e Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça


Voltar para notícias

    Entidades constituintes

    • Sips
    • Asgav
    • Sipargs
    • Sindilat
    • Farsul
    • Fetag
    • Acsurs