Notícias

Fundesa apresenta contas do terceiro trimestre de 2021

Pela primeira vez o saldo do fundo ultrapassou R$ 100 milhões

15/10/21

Conselheiros do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do RS aprovaram por unanimidade na manhã desta sexta-feira (15) a prestação de contas do fundo para o terceiro trimestre do ano. O grande destaque, no período, foi o aporte de mais de R$ 1,1 milhão para a indenização de animais, a maior parte na pecuária leiteira. Em todo o ano de 2021, o valor destinado a indenizações supera R$ 3 milhões. O saldo do fundo chegou a R$ 101,1 milhões.

A parte final da Assembleia foi destinada esclarecimentos do coordenador do Programa Sentinela, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Francisco Lopes. Ele apresentou relato sobre a atuação do programa na contenção de atividades ilícitas como abigeato, descaminho e gado de corredor. Francisco Lopes pontuou também sobre o trabalho realizado em parceria com outros órgãos como Mapa e forças de segurança, o Ronda Agro, que resultou, há alguns dias, na apreensão de 350 toneladas de produtos irregulares de origem animal e vegetal. Lopes destacou a importância da parceria com o Fundesa para os bons resultados que os programas de vigilância de fronteira vêm alcançando no estado.

O presidente do Fundesa, Rogério Kerber pontuou a excelência do trabalho desenvolvido pelo programa e a atuação dos servidores. “Temos, aqui no RS, um modelo que vem sendo perseguido por outros estados brasileiros, graças a atividade do Sentinela e de parcerias estratégicas como a que temos com a Universidade da Carolina do Norte (EUA), que fornece importantes dados sobre redes de movimentação animal”, frisou.


Voltar para notícias

    Entidades constituintes

    • Sips
    • Asgav
    • Sipargs
    • Sindilat
    • Farsul
    • Fetag
    • Acsurs