Notícias

Bernardo Todeschini reeleito para Código Terrestre da OIE

*Texto de Thais D'Avila

31/05/21

O auditor fiscal federal agropecuário gaúcho Bernardo Todeschini foi eleito pela segunda vez para ocupar o seleto grupo de seis pessoas do mundo todo que compõem a Comissão de Normas Sanitárias para Animais Terrestres da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Mais conhecido como Código Terrestre, é a comissão mais antiga da OIE e o fórum para a atualização de informações científicas para a definição de normas relacionadas ao comércio internacional de animais terrestres e seus produtos.

Todeschini recebeu com alegria o resultado da votação dos delegados dos 182 países-membros da OIE, o que o manterá na função até 2024. “O fato de ter sido reeleito me deixa extremamente satisfeito, pois reconheço profundamente a importância da Organização. É uma honra e ter recebido o apoio e a confiança dos países-membros que, ao me darem a oportunidade de seguir trabalhando, reconhecem que o trabalho tem sido feito de forma satisfatória”, conclui.

O chamado Código Terrestre é estruturado em dois livros, com 149 capítulos. O primeiro volume, conhecido como horizontal, aborda diversos temas gerais, aplicados no marco da Organização Mundial do Comércio, como bem-estar animal, uso de antimocrobianos e outros. E o segundo volume contém capítulos especificamente dirigidos a cada enfermidade, agrupadas por espécie.

O presidente do Fundesa-RS, Rogério Kerber, elogiou o trabalho desenvolvido por Todeschini desde que ingressou no Ministério da Agricultura, em 2002. “É um reconhecimento merecido diante do comprometimento com as atividades relacionadas à sanidade animal no Rio Grande do Sul e no mundo, através da atuação no órgão internacional”, frisou.


Voltar para notícias

    Entidades constituintes

    • Sips
    • Asgav
    • Sipargs
    • Sindilat
    • Farsul
    • Fetag
    • Acsurs